Dia da Toalha

Hoje é o Dia da Toalha. Para quem não sabe, esse dia é uma homenagem a Douglas Adams, autor da saga O Guia do Mochileiro das Galáxias. Escritor e comediante britânico, famoso também por ter escrito esquetes para a série televisiva Monty Python’s Flying Circus.

O GUIA DO MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS“, que começou como uma série radiofônica que mais tarde, após ser muito modificada e amplificada, foi publicada numa trilogia de romances divida em cinco partes – a primeira que eu já citei seguida de “O RESTAURANTE NO FIM DO UNIVERSO“, “A VIDA, O UNIVERSO E TUDO MAIS“, “ATÉ LOGO, E OBRIGADO PELOS PEIXES” e “PRATICAMENTE INOFENSIVA“.

A obras de Adams faz lembrar a Enciclopédia Galática proposta por Seldon como subterfúgio para criar a Fundação e que faz lembrar a Wikipédia. “O Guia do Mochileiro das Galáxias substituiu a grande Enciclopédia Galáctica como “repositório padrão de todo o conhecimento e sabedoria” por dois motivos: 1) É ligeiramente mais barato. 2) Traz impresso na capa, em letras garrafais e amigáveis a frase “NÃO ENTRE EM PÂNICO” (no original em inglês: “DON’T PANIC”)“, Wikipédia.

Símbolo do Guia

Star Wars Day

Mais uma vez, hoje é Star Wars Day, os fãs da série de George Lucas, Guerra nas Estrelas decidiram se apoderar do dia 4 de maio e comemoram em todo o mundo.

O dia 4 de maio virou o Star Wars Day pela pronúncia da data ser muito similar à clássica frase “May the Force be with you” (traduçãopara o português, “Que a força esteja com você”).

darth vader

Minhas Músicas

partitura

Um pouco de música sempre é bom, quando a música é boa e bem executada é melhor ainda.

2Cellos são dois músicos croatas que tocam violoncelo de forma excepcional. No primeiro clipe os dois fazem uma brincadeira tocando, no período da Renascença, Thunderstruck, do AC/DC. No segundo vemos os dois violoncelistas tocando Welcome to The Jungle, do Guns n’ Roses, em uma praça.


Second Earth

second_earth

Second Earth é uma boa dica de jogo de estratégia para Android e iOS. Nele você será o comandante de um grupo de exploradores que buscam colonizar, defender e desenvolver os seus próprios planetas fazendo o upgrade das tropas, recolhendo tesouros, implantando estrategicamente unidades de canhões de plasma, bunkers e artilharia antiaérea para se defenderem contra o ataque de outros jogadores. E ainda faz referências a vários outros jogos famosos do gênero, como Starcraft e Halo.

Second Earth se assemelha a Clash of Clans, mas adiciona novidades ao gênero como maior quantidade de tropas voadoras, uso de armas nucleares e rápida criação de tropas. Com comandos simples, já é possível construir as primeiras unidades e enviá-las para o combate. O jogador tem duas opções, enviar as unidades de combate para enfrentar piratas especiais em missões emocionantes, ou enfrentar outros jogadores em divertidas partidas multiplayer. Assim como em demais jogos do gênero, Second Earth permite a criação de clãs que no jogo são interpretadas como alianças galácticas.

Quem quiser poderá me encontrar jogando!

Meus Livros

Frodo lendo

Simplesmente sensacional, sou fã de “As Crônicas de Gelo e Fogo“, escrita pelo romancista e roteirista norte-americano George R. R. Martin. E eu também nunca pensei como um adulto iria querer de ter um “pop-up livro“, mas este “Game of Thrones: A Pop-Up Guide to Westeros (Hardcover) Book” leva os pop-ups para um nível totalmente novo. Sério, assista ao vídeo, é alucinante …

book_GoTInspirado na abertura da série de sucesso da HBO, premiada com o Emmy, Game of Thrones: A Pop-Up Guide to Westeros (Hardcover) Book é garantia para emocionar legiões de fãs da série.

Com impressionantes recriações de pop-up de vários locais-chave da série, incluindo o formidável castelo de Winterfell, a pródiga capital Porto Real, e a gritante majestade da muralha, este livro – concebido pelo renomado “engenheiro de papel” Matthew Reinhart – o leva para o mundo da série como nunca antes.

Game of Thrones: A Pop-Up Guide to Westeros (Hardcover) Book com um total de cinco partes deslumbrantes, que se dobram para fora para criar um notável mapa pop-up de Westeros que é perfeito para a exibição. O livro também contém numerosos mini-pops que trazem à vida elementos icônicos da série, tais como lobos gigantes, Caminhantes Brancos, gigantes e dragões. Todos os pops são acompanhadas de um texto perspicaz que transmite a rica história dos Sete Reinos e além, formando um guia de referência dinâmica para o mundo de Guerra dos Tronos. Visualmente espetacular e extremamente interativo, Game of Thrones: A Pop-Up Guide to Westeros (Hardcover) Book estabelece um novo padrão para livros pop-up e capta perfeitamente o escopo épico e a imaginação da série.” Tradução livre da descrição do livro.

book_GoT_1

book_GoT_2

Thor: The Dark World

Mjölnir

Mjölnir

Gostei muito do jogo Thor: The Dark World. Um jogo de ação oficial do filme Thor: O Mundo Sombrio para Android e iOS, todo em português e de autoria da Gameloft em parceria com a Marvel. Thor é melhor descrito como um single-player MOBAMultiplayer Arena de Battle Online. Onde Thor é o campeão e controlado diretamente pelo jogador deve atravessar várias fases, distribuídos em todos nos sete reinos, seja defendendo sua base ou atacando a base de seus inimigos. Onde o jogador pode recrutar soldados para ajudar nos combates.

São 18 fases separadas em 90 missões, com uma jogabilidade diferenciada, para o jogador percorrer toda Asgard e o Mundo Sombrio.À medida que progride através de história, enfrentando as forças de Loki e Malekith, o mestre dos Elfos Negros, antigos inimigos de Asgard, Thor ganha pontos de experiência, ouro e runas, usados ​​para comprar upgrades, desbloquear novas habilidades e aumentar o poder de seus Einherjar e heróis. Ele pode até mesmo desbloquear uma variedade de trajes especiais e martelos, cada um com seus próprios benefícios especiais.

Thor: The Dark World é um jogo gratuito, mas você deve ter muita paciência para jogar muito até conseguir o que quer, porque objetivo da produtora é ganhar dinheiro. Quem gostar do estilo tem muitas horas de jogo.

Dia da Toalha

Símbolo do Guia

Hoje é o Dia da Toalha. Para quem não sabe, esse dia é uma homenagem ao escritor e comediante britânico, Douglas Adams, autor da saga O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Quem conhece a saga, sabe que todo mochileiro interestelar pode esquecer qualquer coisa, menos a sua toalha. O Guia diz:

A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon;

Pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas do rio Moth;

Pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz);

Você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro;

E naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc.

Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.