Entrelaçamento quântico


Para melhor entender o que é “entrelaçamento quântico”, irei dissecá-lo. Verschränkung, entrelaçamento, foi um termo criado pelo físico austríaco Erwin Schrödinger durante um experimento mental que foi chamado de o Gato de Schrödinger. Schrödinger fez uma analogia da mecânica quântica com o mundo real. No experimento ele da o exemplo de um gato – dentro de uma caixa com um timer que aciona uma veneno letal para o gato. Enquanto a caixa estiver fechada o gato pode estar vivo ou morto, dependendo de um evento aleatório. 

Como diria o Piu-piu (Tweety) do Looney Tunes, “eu acho que vi um gatinho“. Mas a partir do momento que você vê o gatinho ele deixa de estar em dois estados ao mesmo tempo, para estar em apenas um. Portanto o observador também interfere no fenômeno.

Gato de Schrödinger

Entrelaçamento, eu gosto muito dessa palavra e tudo que ela pode implicar, assim como acho a palavra “quântica” também interessante. A palavra “quântica” (do Latim, quantum) quer dizer quantidade, refere-se às unidades discretas que a teoria da Física Quântica atribui a certas quantidades físicas. Os números quânticos descrevem as energias dos elétrons nos átomos e são de enorme relevância quando se trata de descrever a posição dos elétrons nos átomos.

Tudo muito teórico, técnico e muito estranho para a nossa realidade macroscópica. Como tudo começou? Com a descoberta de que ondas podem ser medidas em pequenos pacotes de energia chamados quanta, com propriedades de partículas, levou ao nascimento da Mecânica Quântica. As suas bases foram estabelecidas durante a primeira metade do século XX por Max Planck com o trabalho sobre a teoria do corpo negro; Albert Einstein com a Relatividade Restrita que alterou profundamente os conceitos de espaço e principalmente de tempo; seguidos de Niels Bohr, Werner Heisenberg, Erwin Schrödinger, Max Born, John von Neumann, Paul Dirac, Wolfgang Pauli, entre outros.

fotons_entrelacadosEntrelaçamento quântico ou emaranhamento quântico é um fenômeno que permite que dois ou mais objetos estejam de alguma forma tão ligados que um objeto não possa ser corretamente descrito sem que a sua contra-parte seja mencionada – mesmo que os objetos possam estar espacialmente separados. Em resumo, é como se tivéssimos uma partícula aqui na Terra e levássimos sua contra-parte para outra estrela, à 2 anos-luz do Sol. Girando uma das partículas para a direita a sua contra-parte também giraria para a direita ao mesmo tempo. Lembrando que as distâncias entre elas são muito grandes que para a luz chegar demore 2 anos. As partículas giraríam para o mesmo lado ao mesmo tempo – aquilo a que se chama de teletransporte quântico.

Emaranhado tudo é mais estranho do que parece, leia o texto Entrelaçando seu cérebro e o Universo para ficar mais perdido. Bricadeira, o texto é bom e explica o quanto é difícil o conceito. O entrelaçamento quântico produz alguns dos aspectos teóricos e filosóficos mais perturbadores da teoria, já que as correlações preditas pela mecânica quântica são inconsistentes com o princípio intuitivo do realismo local, que diz que cada partícula deve ter um estado bem definido, sem que seja necessário fazer referência a outros sistemas distantes. Os diferentes enfoques sobre o que está a acontecer no processo do entrelaçamento quântico dão origem a diferentes interpretações da mecânica quântica, como por exemplo esse artigo: Cérebro quântico.

quantum

Com a frase “Deus não joga dados“, Einstein que foi um dos que deram origem a Física Quântica e ao mesmo tempo um dos seus maiores críticos, quiz mostrar que não concordava com outro aspecto da Mecânica Quântica. Ele queria dizer com isso que não se conformava com o carater probabilístico que se dá à posição e momento de uma partícula. Segundo o Princípio da Incerteza de Heisemberg, ao se determinar a posição da partícula seu momento fica automaticamente incerto e vice-versa. O ato de observar interfere no objeto observado.

A Física Quântica vai muito além disso, e vai se tornando cada vez mais bizarra a medida que você vai aprendendo mais sobre ela.

Anúncios

7 Respostas para “Entrelaçamento quântico

  1. Não tenho o pensamento nem a observação de alguém que atua profissionalmente na área de exatas, mas estou “imersa” nesse universo tão misterioso e fantástico e por ser musicista tenho uma escuta intensa e que me leva a buscar e buscar…
    Não percebo caminhos que não estejam “entrelaçados” prá nos aproximar dos reais acontecimentos do nosso planeta.
    Gostei mto dessa postagem mesmo não sabendo quem escreveu… alguém que que assina “Marcellus”.
    Cheguei nesse texto procurando por Ma Planck!
    Abraço!

    maria zélia

    • Muito obrigado, eu também gosto desse post e temos a música em comum, pois eu gosto de tocar violão e guitarra. Apesar de não ser muito bom, gosto do som e da matemática por trás da música.

      E Marcellus é realmente o meu nome.

  2. Artigos como este me deixam encantado e maravilhado. Sou amante da fisica em geral, embora meus quase setenta anos de “trajetória artística” nesta vida, não me tenham permitido aprofundamentos maiores. Mas não ligo para isso, pois também não toco bem meu violão, mas me acompanho, cantando todos os dias, dedilhando um bonito e sonoro Lá Maior.

    Física Quântica, ùltimamente, é meu assunto preferido.

  3. fisica com certeza,não tem nada a ver com entrelaçamento quantico.Mas as teorias quanticas sao realmente um novo conjunto a ser estudado,por exemplo: teria a conciencia quantica relevancia na atuaçao do gato . e uo direcionamento no resultado?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s