Tecnologia


A tecnologia desenvolvida pela Nasa e continuada por outros para levar o homem à lua, mudou o mundo, literalmente. Algumas dessas tecnologias se popularizaram e hoje são encontradas no nosso dia à dia.

A Nasa desenvolveu a tecnologia de absorção, cuja finalidade é absorver o impacto e também é utilizada em bancos de aeronaves, podendo ser aplicada em quase tudo ao nosso redor, desde proteção para jogadores de futebol americano à confecção de sapatos, tênis, colchões e travesseiros. Desenvolveu também ferramentas sem fio. Todas as ferramentas domésticas, sem fio, tiveram origem na furadeira lunar movida à bateria – desenvolvida pela Black & Decker para o projeto Apollo.

O incêndio no lançamento da Apollo 1, que matou três astronautas, estimulou o desenvolvimento de tecidos para artefatos e veículos espaciais resistentes ao fogo. O material feito a partir de polybenzimidazole (PBI) vem, desde então, sendo utilizado para proteger bombeiros, soldados e pilotos de corridas. As roupas anti-chamas foram desenvolvidas exatamente para os astronautas suportarem temperaturas extremas. Permitiam equilibrar o oxigênio, a pressão, o resfriamento e o aquecimento enquanto os astronautas permaneciam em ambientes externos. Atualmente, as chamadas “cooling suits” são usadas pela indústria com a finalidade de regular a temperatura corporal, bem como a de pessoas que sofrem de uma rara doença chamada displasia ectodérmica hipohidrótica, que impede o corpo de diminuir por si só sua temperatura.

A Nasa precisou desenvolver máquinas que deram origem as máquinas de hemodiálise, que aplicadas em terapias de substituição renal, hoje utilizam um processo criado pela Nasa para remover o lixo tóxico de fluidos usados nas espaçonaves. O processo ajuda a economizar eletricidade e elimina a necessidade de uma fonte contínua de água, o que resulta em maior liberdade para os pacientes. As máquinas de exercício foram desenvolvidas porque a exposição prolongada ao ambiente sem gravidade do espaço faz com que a capacidade cardiovascular dos astronautas seja reduzida. Para contornar esse problema, foi criado o “trampolim horizontal“, hoje usado por equipes esportivas e centros de reabilitação para promover a recuperação cardiovascular e tonificar os músculos.

Essa tecnologia acabou ganhando outras amplitudes e finalidades, ajudando a outras áreas beneficiadas por ela. Materiais como o propileno ou o milar, que ajudaram a proteger os astronautas da radiação espacial e do calor, agora são usados como isolantes para residencias. Outros materiais metálicos utilizados pela Nasa, hoje são encontrados em roupas, embalagens, coberturas de parede e películas para vidro, como o Insulfilm.

O produto utilizado nas lentes dos óculos, nas décadas de 1970 e 1980, surgiram da necessidade de proteger as superfícies plásticas das aeronaves espaciais fazendo com que uma cobertura altamente resistente à abrasão fosse desenvolvida pelo Centro de Pesquisa Ames da Nasa.

Ray Ban Aviator

A comida congelada e a desidratada também foram desenvolvidas pela Nasa na previsão de longas viagens. A solução encontrada foi o congelamento e a desidratação dos alimentos, em um processo que não só mantém o sabor e o valor nutricional, mas também reduz o peso desses alimentos, prolongando a sua validade.

Produtos como o Tang, o Teflon e o velcro foram incorporados ao programa espacial, mas não desenvolvidos pela NASA que acabou levando a fama. Como nem tudo vem para o bem, o refresco em pó Tang, por exemplo, criado em 1957 e usado por John Glenn em 1962, é muito ruim! Prefiro Coca-Cola. Já o Teflon, material inventado pela DuPont, foi usado em escudos de calor. O velcro, inventado na Suíça na década de 40, foi usado para prender equipamentos e objetos em ambientes sem gravidade.

coca-cola

Fonte: IDG Now

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s