Raios


raios

Raio, pela definição do Wikipédia. “Um raio é uma descarga elétrica que se produz entre o contato de nuvens de chuva ou entre uma destas nuvens e a terra. A descarga é visível a olho nu, com trajetórias sinuosas e de ramificações irregulares às vezes com muitos quilômetros de distância até o solo. Esse fenômeno é conhecido como relâmpago. Ocorre também uma onda sonora chamada trovão.

Raio atinge o CristoEu sou fascinado por raios, o Brasil é o país onde mais se registra o acontecimento de raios em todo o mundo, deve ser por isso. Veja a imagem ao lado, o Cristo Redentor sendo atingido por um raio.

Acho tudo interessante nos raios desde a formação, suas características até a sua duração. Na verdade a física dos raio me atrai. Quando eu era criança ficava facinado com os estranhos caminhos que o raio seguia e só mais tarde vim a descobrir que esses caminhos já haviam sido traçados. O caminho também é chamado de canal.

O processo ainda não se encontra totalmente esclarecido, havendo controvérsias sobre seu mecanismo de formação, mas sabe-se que, na maioria dos casos, a descarga ocorre após uma concentração de cargas. A formação do canal assume um caminho tortuoso, pois é altamente probabilístico (pequenas variações de partículas e cargas no ar), além de assumir ramificações. A descarga ocorre no momento em que as cargas elétricas atingem energia suficiente para superar a rigidez dielétrica do ar, de forma explosiva, luminosa e violenta.

Gosto dos raios gerados pela bobina de Tesla, que eu já comentei. Gosto da eletricidade em si. Gosto da expressão “raios que o partam“. Eu gosto, também, da palavra raio, que me lembra da minha infância. Quando eu assistia ao Dick Vigarista, em a Corrida Maluca, reclamando com Muttley, gritando “raios, raios, raios…

<Dick Vigarista

Alguns afirmam que foram os raios que, ao causar incêndios tiraram os primatas das árvores e mais tarde mostraram aos primeiros humanos a importância do fogo. Uma coisa é certa, assim com os elementos acabavam se tornando divindade – mais pela ignorância e falta de conhecimento – o raio também era venerado e admirado. Desde a antiguidade os raios encantam e assombram a humanidade com seu aspecto ameaçador e ao mesmo tempo intrigante, que acabou por ser incorporado nos mitos e lendas como elemento de demonstração da existência de deuses poderosos como o grego Zeus, por exemplo, ou o deus do Trovão, Thor, da mitologia nórdica.

Thor - o Deus do Trovão

Anúncios

4 Respostas para “Raios

  1. Bom para começar eu sou tão viciada em raios que as vezez nao paro de falar sobre eles são fênomenos inprecionates tem gente que não dá muito valor a eles mais eu sempre fico atenta se o tempo está bom ou não eu amo chuva mas em compensasão odeio chuva com vento bom , os raios são fênomenos que eu nao deixo de olhar quando chove esse foi meu cometáriop m obrigado!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s