Pensamentos


Um dia fui até onde ninguém queria ir. Andei, andei, corri, cai, e novamente antei por caminhos perigosos, trilhas fechadas, matas densas. Desertos quentes durante o dia e gelados à noite. Atravei mares e lagos, geleiras e rios. Enfrentei calor, entrentei o frio extremo.

Quando cheguei percebi porque ninguém queria ir, não havia nada. Mais importante que isso foi descobrir que valeu a pena ir até lá. Porque o caminho percorrido tinha as mais variadas paisagens,era lindo. As cores, as formas, os sons, as luzes, os odores e os sabores, a experiência da jornada. Às vezes não percebemos onde está o que realmente importa, ou apenas o que realmente importa.

Anúncios

2 Respostas para “Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s