God of War: Chains of Olympus


Mais um jogo de PSP, God of War: Chains of Olympus é o terceiro título cronológico da série de jogos eletrônicos God of War. O jogo é ação e aventura em terceira pessoa com eventos em tempo rápido, baseado em quebra-cabeças e lutas contra chefes. Outro grande título para o Playstation Portátil.

Como o jogo é bem antigo e é muito bom – vale a pena jogar – vou contar a história do jogo. Tudo começa enquanto Kratos serve aos deuses, sendo enviado para Attica para ajudar a defender a cidade do exército de invasores persas. Após matar o rei persa, muitos de seus soldados e seu monstro de estimação o Basilisk, Kratos observa a queda Sol no céu, mergulhando o mundo em trevas. Kratos luta contra todos em seu caminho na cidade de Marathon na névoa preta de Morpheus, que agora deixa a Terra na escuridão.

Kratos segue para o templo de Hélios e é encarregado pela deusa Athena de encontrar Hélios, o deus sol. Morpheus aproveitou a ausência de Hélios para fez os outros deuses caíssem em um sono profundo. Nosso herói luta incessantemente para salvar o deus sol do titã Atlas, que o raptou. Para isso, recupera o fogo primordial necessário para despertar o fogo cavalos de Hélios, e tem dois encontros com Caronte no rio Estige. Apesar de inicialmente, o vilão derrotar e expulsá-lo de Tártaro, Kratos retorna e destrói Caronte.

Ao encontrar o templo de Perséfone, a rainha do submundo, a Kratos é dada uma escolha – renunciar a seu poder e ficar com sua filha falecida, Calliope, a um alto custo para a humanidade, ou prosseguir com sua missão. Kratos sacrifíca suas armas e seu poder, mas descobre que Perséfone está amargurada por ter sido traída por Zeus e sendo obrigada a permanecer no submundo com seu marido Hades.

Enquanto Kratos estava se tornando um homem mortal mais uma vez, Perséfone aliada ao titã Atlas estava usando o poder de Hélios para destruir o pilar que sustenta o mundo, que também acabaria com o Olímpo. Forçado a abandonar sua filha, Calliope, nosso herói tem de volta seu poder, após ligar Atlas ao pilar que ele tentou destruir (forçando o titã agora segurar o peso do mundo sobre os ombros), e mata Perséfone em combate. Antes de partir, Kratos é avisado por Atlas de que ele se arrependerá de ajudar os deuses.

Montando a carruagem de Hélios volta para o céu e vê o retorno do sol, Kratos então perde a consciência pelo esforço e cai. Kratos, no entanto, é salvo por Athena e Hélios, que retornam ao Olímpo.

Cercado de videos incríveis, cenários sensacionais, monstros sinistros, armas poderosas e muitos inimigos o jogo é muito divertido e gostoso de jogar.

Para o ano que vem, a Sony anunciou o retorno de Kratos ao PSP. God of War: Ghost of Sparta está sendo desenvolvido pela Ready at Dawn, mesma equipe que produziu o ótimo God of War: Chains of Olympus para o console.

Segundo a empresa, o título levará o PSP aos seus limites gráficos e tecnológicos. O jogo será 25% maior que o primeiro e terá poderes e armamentos inéditos.

A trama será posicionada imediatamente após os eventos do primeiro God of War e mostrará a ascensão de Kratos como o Deus da Guerra. A história revelará como o personagem ganhou suas cicatrizes, sua tatuagem e também contará fatos sobre a família do Fantasma de Esparta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s