Asteróides ruins de mira


Observatório Armagh, um instituto de investigação e pesquisa astronômica no Reino Unido, divulgou esse vídeo que mostra todos asteroides descobertos próximos à órbita da Terra desde 1980.

As imagens destacam as óbitas dos planetas – Mercúrio, Vênus, Terra, Marte e Júpiter, na óbita mais extrema – e os corpos celestes próximos dessas órbitas.

As imagens também mostram a evolução dos equipamentos astronômicos. Conforme a linha do tempo corre em direção ao ano de 2010 (situada no canto esquerdo inferior do vídeo), os registros aumentam em proporção geométrica. Quando são descobertos, os asteróides são adicionadas ao mapa e destacados em branco para que você possa perceber os novos.

Os corpos celestes que cruzaram a órbita terrestre e poderiam ter se chocado com o nosso planeta são os pontos luminosos vermelhos.  Os pontos amarelos passam próximo da Terra, no periélio próximo de 1.3AU. Todos os pontos são verdes, ou seja, inofensivos. Daqui veio o título do post, fiquei impressionado com a quantidade de pontinhos em nossa volta.

Observe como o padrão de descoberta segue a Terra em sua órbita. A maioria das descobertas são feitas na região oposta ao Sol. É possível notar alguns grupos de descobertas sobre a linha entre a Terra e Júpiter, estes são o resultado de pesquisas procurando luas de Júpiter. Grupos semelhantes de descobertas podem ser vinculados a dos outros planetas exteriores, mas estes não são visíveis neste vídeo.

À medida que o vídeo chega em meados dos anos 1990, vemos taxas de detecção muito mais elevadas. No início de 2010, um novo padrão de descoberta torna-se evidente, com zonas descoberta em uma linha perpendicular ao vetor Sol-Terra. Estas novas observações são o resultado do WISE (Infrared Survey Widefield Explorer), uma missão espacial encarregada de imagens de todo o céu em comprimentos de onda infravermelhos (Astronomia infravermelha).

Atualmente, é possível observar cerca de meio milhão de planetas menores, e as taxas de descoberta não mostram sinal de que estamos correndo atrás de objetos desconhecidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s