Lua


Lua

Tamanho

A Lua, o único satélite natural da Terra, é o quinto satélite em tamanho,(um quarto do tamanho da Terra.

O diâmetro aparente médio da Lua é de 31′ 5″ (0,518°), de onde se deduz que o diâmetro da Lua é de 3.476 km (D=384.000 km × sen 0,518); a massa da Lua é de 1/81 da massa da Terra.

 
Distância

Como a Lua está relativamente próxima, podemos medir sua distância por meios geométricos. A distância média é de 384.000 km e varia de 356.800 km a 406.400 km. A excentricidade da órbita da Lua é de 0,0549.

 
Brilho

Após o Sol, a Lua cheia é o objeto mais brilhante do céu. Entretanto, sua superfície não lisa e sua cor cinza-marrom reflete pouca luz. De fato, a lua é um dos mais pobres refletores do sistema solar. A quantidade de luz refletida por um corpo é chamada de albedo (Latim: albus, branco). A Lua reflete somente 7% da luz do Sol que incide sobre ela, de modo que seu albedo é 0.07.

 
Fases

As fases da Lua são causadas pelas posições relativas da Terra, da Lua e do Sol. A Lua orbita a Terra em média em 27 dias 7 horas 43 minutos.

O Sol sempre ilumina a metade da Lua na direção do Sol (exceto durante um eclipse lunar, quando a Lua passa pela sombra da Terra). Quando o Sol e Lua estão em lados opostos da Terra, a Lua aparece cheia para nós, um disco brilhante e redondo. Quando a Lua está entre a Terra e o Sol, ela aparece escura, a Lua nova. No período intermediário, parece crescer até cheia, e então decresce até a próxima lua cheia.

 
Rotação da Lua

À medida que a Lua orbita em torno da Terra, completando seu ciclo de fases, ela mantém sempre a mesma face voltada para a Terra. Isso indica que o seu período de translação é igual ao período de rotação em torno de seu próprio eixo. Portanto, a Lua tem rotação sincronizada com a translação.

É muito improvável que essa sincronização seja casual. Acredita-se que ela tenha acontecido como resultado das grandes forças de maré exercidas pela Terra na Lua no tempo em que a Lua era jovem e mais elástica. As deformações tipo bojos causadas na superfície da Lua pelas marés teriam freiado a sua rotação até ela ficar com o bojo sempre voltado para a Terra, e portanto com período de rotação igual ao de translação. Essa perda de rotação teria em conseqüência provocado o afastamento maior entre Lua e Terra (para conservar o momentum angular). Atualmente a Lua continua afastando-se da Terra, a uma taxa de 4 cm/ano.

O intervalo de tempo entre duas fases iguais consecutivas é de 29d 12h 44m 2.9s (» 29,5 dias). Essa é a duração do mês sinódico, ou lunação, ou período sinódico da Lua.

O período sideral da Lua, ou mês sideral é o tempo necessário para a Lua completar uma volta em torno da Terra, em relação a uma estrela. Sua duração é de 27d 7h 43m 11s, sendo portanto » 2,25 dias mais curto do que o mês sinódico, porque nos 27,25 dias em que a Lua faz uma volta completa em relação às estrelas, o Sol de deslocou aproximadamente 27° (27 dias × 1°/dia) para leste, e portanto será necessário mais 2 dias [27°/(360°/27,25 dias)] para a Lua se deslocar estes 27° e estar na mesma posição em relação ao Sol.

Dia Lunar

Tendo em vista que o período sideral da Lua é de 27,25 dias, deduz-se que ela se desloca para leste 13° por dia (360°/27,25d), em relação às estrelas. Levando-se em conta que a Terra gira 360° em 24 horas, e que o Sol de desloca 1° para leste por dia, deduzimos que a Lua se atrasa 50 minutos por dia [(12°/360°)×(24h×60m)], isto é, a Lua nasce cerca de 50 minutos mais tarde a cada dia. 48 minutos é o valor correto. O dia lunar, portanto, tem 24h 48m.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s